Flacidez facial e corporal: conheça suas características e saiba como tratar

Flacidez facial e corporal: conheça suas características e saiba como tratar

Flacidez facial e corporal: conheça suas características e saiba como tratar
A flacidez é um sinal bastante comum do envelhecimento da pele, tanto no rosto, quanto no corpo. Mas você sabia que há como preveni-la e até mesmo tratá-la? Com algumas mudanças de hábitos e os dermocosméticos certos, é possível deixar a pele muito mais firme, bonita e saudável. Saiba como combater a flacidez!

Leia também: Flacidez o que é

O que é a flacidez
A flacidez pode atingir o rosto e o corpo e é resultado de um processo natural da pele, decorrente do envelhecimento que se dá com o passar dos anos. Ela pode ser agravada por maus hábitos como uma alimentação ruim e sedentarismo. O surgimento da flacidez está relacionado, principalmente, à queda na produção de colágeno, que promove firmeza à pele e de ácido hialurônico, molécula responsável por deixar a pele preenchida. Com o avanço da idade e a diminuição da síntese dessas substâncias, a flacidez e os sinais do envelhecimento da pele ficam mais aparentes.

A partir dos 25 anos já é possível notar os efeitos da flacidez na pele. No entanto, essa perda de sustentação aparece com mais frequência após a menopausa nas mulheres e em idosos de ambos os sexos, pois há a substituição de parte dos músculos por gordura. Além disso, pessoas que tiveram um perda de peso drástica, que têm a pele clara e aquelas que se expõem ao sol com frequência, principalmente sem a devida proteção, também são bastante afetadas.

Cuidados básicos para evitar e prevenir a flacidez
Você pode prevenir a flacidez, desenvolvendo alguns hábitos saudáveis para a saúde e a beleza. Como já mencionamos, não praticar exercícios físicos e ter uma má alimentação contribuem para agravar a flacidez, por isso invista em uma alimentação balanceada. Alimentos com antioxidantes, como leites, cereais e peixes, ajudam a manter a pele firme.

Outra dica é praticar atividades físicas regularmente, como pilates e musculação, que estimulam o tônus muscular e a diminuição do tecido adiposo. Isso é importante porque a gordura pode esconder um músculo tonificado, ocasionando a flacidez. Assim, você também consegue evitar a variação de peso e o efeito sanfona, que deixa a pele flácida e pode causar estrias.

Além disso, massagear os músculos faciais ajuda a manter a pele firme. Se beneficie também do uso do filtro solar diariamente, pois a exposição ao sol sem proteção faz com que a pele perca força. Você ainda pode usar dermocosméticos que atuam no combate à flacidez. Continue lendo!

Melhores ativos e tratamentos para tratar a flacidez
Hoje em dia, já existem diversos dermocosméticos e tratamentos que te ajudam a combater a flacidez da pele. No consultório do dermatologista, você irá observar bons resultados com o uso de radiofrequência, já que o calor nos ajuda a produzir colágeno. A temperatura atingida no tratamento contrai as fibras existentes, diminuindo a flacidez. Outros tratamentos eficazes são preenchimento com ácido polilático e hidroxiapatita de cálcio, além do laser de CO2 não ablativo. Consulte seu médico para saber qual procedimento irá atender as suas necessidades.

Você também pode utilizar dermocosméticos no tratamento da flacidez da pele e do corpo. Na hora de escolher o produto, procure ativos que estimulem a produção de colágeno, como por exemplo as Vitaminas A e C. Aproveite também as vantagens que o ácido hialurônico oferece para amenizar a flacidez. Ele trabalha na firmeza da pele e elimina os radicais livres gerados no tecido após exposição à luz UV.

Alimentos vilões e aliados no combate à flacidez
Sua alimentação pode fazer uma grande diferença no combate à flacidez. Para evitar o surgimento e o agravamento da pele flácida, evite consumir muitos doces, álcool, refrigerantes, frituras, alimentos embutidos e ricos em sódio. Você também pode contar com a ajuda extra de outros nutrientes, que são aliados para deixar a pele mais firme. A gelatina, por exemplo, apresenta grandes quantidades de colágeno e, além de melhorar a aparência da pele, também é ótima para unhas e cabelos.

As frutas vermelhas, como a amora e o morango, são ricas em antioxidantes, que combatem os efeitos dos radicais livres na pele. Enquanto isso, os alimentos alaranjados são ricos em Vitamina A e as frutas cítricas contêm Vitamina C, substâncias que contribuem para a formação de colágeno. Já a aveia, é fonte de silício, substância capaz de estimular a produção de colágeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *